Pesquisar
Close this search box.

Proteção contra golpes no Pix: dicas para prevenir e agir em caso de fraude

By: newscreditmoney.com
6 de novembro de 2023

A sociedade está cada vez mais interligada aos meios digitais. Prova disso é a internet, que se tornou uma ferramenta essencial para uma ampla variedade de tarefas. À medida que nos tornamos mais conectados, os golpes financeiros também evoluem, e o sistema Pix, apesar de sua conveniência, não está isento de potenciais fraudes.

Neste artigo, confira os golpes mais frequentes relacionados ao Pix e descubra estratégias preventivas para se proteger contra essas ameaças. Além disso, saiba também como recuperar fundos, caso você, infelizmente, seja vítima de um desses golpes.

Entendendo o Pix: revolução nos pagamentos

O Pix representa um inovador sistema de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central com o objetivo de simplificar as transações financeiras no Brasil. Sua proposta é oferecer uma solução rápida, segura e altamente competitiva.

Esse sistema de pagamento instantâneo viabiliza a transferência de fundos de uma conta para outra em questão de segundos, funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive durante feriados. Com sua crescente relevância, é fundamental compreender não apenas o que é o Pix, mas também seu impacto no cenário financeiro brasileiro.

VEJA TAMBÉM PIX Automático revoluciona os pagamentos recorrentes: lançamento previsto para outubro de 2024

Táticas usadas por quadrilhas por meio do Pix

As quadrilhas que se dedicam a aplicar golpes utilizando o Pix demonstram notável sofisticação e versatilidade, recorrendo a diversas estratégias para enganar suas vítimas, como a emissão de vírus. A manipulação social se trata de uma das abordagens mais frequentes, na qual os fraudadores se passam por representantes de instituições financeiras, alegando a necessidade de realizar uma transferência Pix para ativar a conta do usuário.

Outra tática comum é o phishing, em que os golpistas enviam links maliciosos para obter informações confidenciais. Além disso, o golpe da clonagem do WhatsApp é uma estratégia recorrente.

Estes são apenas alguns exemplos das abordagens adotadas por essas quadrilhas. São verdadeiros especialistas na exploração de vulnerabilidades, sejam elas de natureza tecnológica ou humana, visando aplicar seus golpes.

Assim, é fundamental manter uma vigilância constante, estar atento a qualquer atividade suspeita e evitar interações não solicitadas relacionadas ao Pix ou à sua conta bancária. A prevenção é a chave para a segurança nesse cenário.

Golpes e fraudes mais comuns relacionados ao Pix

A questão da segurança nas transações via Pix é de suma importância, visto que os golpes e fraudes se tornaram uma realidade no cenário financeiro. É crucial entender os golpes mais comuns para estar preparado e proteger-se. Abaixo, reunimos algumas estratégias fraudulentas frequentemente utilizadas.

Como identificar e evitar o golpe do falso funcionário

No universo das fraudes envolvendo o Pix, um dos golpes mais aplicados é o golpe do falso funcionário. Nessa situação, os criminosos passam por funcionários de instituições financeiras ou bancos, alegando fazerem parte da equipe de suporte técnico ou da área de segurança.

O contato com a vítima geralmente ocorre via telefone, e-mail ou mensagem de texto. Sob a fachada de um procedimento de segurança, os golpistas solicitam que a vítima realize uma transferência via Pix, afirmando que isso é necessário para proteger a conta.

Para evitar cair nesse tipo de fraude, é importante estar ciente de que instituições financeiras legítimas nunca pedem que seus clientes realizem transferências ou forneçam informações confidenciais como parte de procedimentos de segurança. Qualquer solicitação nesse sentido deve ser recebida com desconfiança e imediatamente denunciada à instituição responsável.

Phishing financeiro

O phishing financeiro é uma artimanha que envolve o envio de mensagens e e-mails cuidadosamente elaborados para se assemelhar a comunicações legítimas de instituições financeiras respeitáveis.

Essas mensagens frequentemente contêm links que direcionam o destinatário para sites falsos que imitam os das instituições financeiras. Nesses sites, os fraudadores solicitam informações sensíveis, como senhas e chaves Pix. É crucial enfatizar que instituições bancárias legítimas nunca solicitam confirmações de dados por meio de e-mail ou mensagem.

Clonagem de conta de WhatsApp

O golpe da clonagem de conta de WhatsApp é uma ameaça séria. Nesse tipo de fraude, os criminosos conseguem duplicar a conta de WhatsApp da vítima em outro dispositivo. Os golpistas frequentemente se passam por funcionários de empresas respeitáveis e solicitam que a vítima confirme um código de verificação enviado ao seu número de celular.

Com acesso à conta de WhatsApp, os fraudadores podem se passar pela vítima e pedir a amigos e familiares que efetuem transferências via Pix para uma conta controlada pelos criminosos. Jamais compartilhe códigos de verificação ou informações sensíveis. Empresas sérias e instituições financeiras jamais solicitam informações pessoais por meio de mensagens.

VEJA TAMBÉM Como contestar cobranças indevidas em seu cartão clonado

QR Codes Falsos

O golpe do QR Code falso é uma estratégia usada por criminosos para direcionar pagamentos para suas próprias contas. Uma mensagem pode conter um QR Code que aparenta ser de uma empresa respeitável, supostamente usado para pagamento de produtos ou serviços.

Assim que a transação é realizada via Pix, o dinheiro vai para a conta dos golpistas, e não para a empresa legítima. Sempre verifique a origem e a autenticidade de um QR Code antes de efetuar qualquer pagamento.

Fraude da troca de chaves Pix

A fraude de troca de chaves Pix ocorre quando golpistas conseguem convencer a vítima a registrar uma chave Pix controlada por eles. Essa chave pode ser um número de telefone, CPF, e-mail ou até mesmo uma chave aleatória.

Com isso, os criminosos podem alegar que é necessário registrar uma “nova chave Pix para segurança”. Quando a vítima registra essa chave em seu nome, todas as transferências enviadas para ela vão para a conta dos golpistas.

Lembre-se de nunca registrar uma chave Pix fornecida por terceiros. Suas chaves Pix devem ser sempre de sua propriedade e controle.

Dicas para não cair no golpe do Pix

Para evitar cair em golpes relacionados ao Pix, é fundamental seguir algumas diretrizes importantes, são elas:

Verifique a origem das informações – sempre confira a origem de qualquer comunicação relacionada à sua conta bancária ou Pix. Evite clicar em links enviados por e-mail ou mensagem sem verificar sua autenticidade.

Não compartilhe informações pessoais – nunca forneça informações pessoais, senhas ou chaves Pix a terceiros, mesmo que a pessoa alegue representar seu banco. Instituições financeiras sérias não solicitam dados sensíveis dessa maneira.

Cuidado com QR Codes desconhecidos – antes de realizar uma transação via Pix utilizando um QR Code, certifique-se de verificar a autenticidade do código. Evite códigos de origem duvidosa.

Verifique os dados antes de efetuar um Pix –  antes de confirmar qualquer transação, revise cuidadosamente os dados do destinatário. Qualquer discrepância deve acender um alerta.

Ative a autenticação em dois fatores – adicione uma camada extra de segurança ao ativar a autenticação em dois fatores em seu aplicativo bancário. Isso dificulta o acesso não autorizado à sua conta.

Mantenha seu aplicativo bancário atualizado – mantenha seu aplicativo bancário sempre atualizado, pois as atualizações frequentemente incluem melhorias de segurança.

Registre suas próprias chaves Pix – nunca registre chaves Pix fornecidas por terceiros. Suas chaves Pix devem ser de sua propriedade e controle exclusivos.

Fique atento a pedidos incomuns via WhatsApp – caso receba uma mensagem suspeita de um conhecido solicitando dinheiro via Pix, entre em contato com a pessoa por outro meio de comunicação para confirmar a solicitação.

Entenda mais sobre segurança digital quanto mais você conhecer as táticas dos golpistas, melhor preparado estará para evitar cair em armadilhas. A educação é uma das melhores defesas contra fraudes.

Seguindo essas dicas, você estará mais preparado para manter suas transações financeiras seguras e evitar os golpes do Pix.

Recuperar valores roubado pelo Pix: é possível?

A recuperação de dinheiro perdido em golpes do Pix depende de políticas bancárias e análise de cada caso. A rapidez quanto a identificação da fraude pode permitir a reversão da transação, mas não há garantias universais de recuperação. A prevenção e a segurança digital são a melhor defesa contra o golpe do Pix, portanto, fique sempre alerta, proteja suas informações e se mantenha informado para evitar prejuízos.

VEJA TAMBÉM Prevenção de fraudes financeiras: como se proteger de golpes e fraudes no mundo digital

Quem leu esse artigo também leu esses artigos!

0