Pesquisar
Close this search box.

A psicologia por trás da traição: uma viagem ao coração do engano

By: newscreditmoney.com
22 de setembro de 2023

Todo mundo conhece a sensação: o estômago revirado, a descrença, a tristeza avassaladora. A traição é uma das experiências mais dolorosas que alguém pode vivenciar. Mas, o que se passa na mente de quem trai? Por que as pessoas se arriscam a perder tudo por um momento de paixão ou por uma conexão emocional fora do relacionamento?

Neste post, vamos mergulhar na complexa psicologia da traição para desvendar os mistérios dessa escolha.

O encanto do novo

O cérebro humano é programado para ser atraído por novidades. Isso remonta aos nossos ancestrais, onde novos estímulos podiam significar melhores oportunidades de sobrevivência. A atração pelo novo pode ser um fator por trás da infidelidade.

Adicionalmente, essa atração pelo desconhecido pode trazer uma sensação de aventura e euforia, liberando dopamina no cérebro, o que pode intensificar ainda mais a atração pela traição.

Busca por validação

Muitas vezes, uma pessoa pode trair buscando uma validação externa. “Sou ainda desejável?”, “Sou bom o suficiente?” – Estas são perguntas que, às vezes, alguém tenta responder através da traição.

Este comportamento pode ser agravado em pessoas com baixa autoestima ou que sentem que sua identidade e valor estão constantemente sob escrutínio, levando-as a procurar afirmação fora do relacionamento.

Escapismo e autossabotagem

Para alguns, a traição pode ser uma forma de escapar de problemas pessoais ou de um relacionamento insatisfatório. Em alguns casos, é uma maneira de autossabotar, possivelmente devido a sentimentos profundos de inadequação. Esta forma de autossabotagem pode ser uma tentativa inconsciente de assumir o controle de uma situação, mesmo que de maneira destrutiva, ou de confirmar crenças internas negativas sobre si mesmo.

Ausência de intimidade emocional

Em muitos casos de traição emocional, o que está faltando não é atração física, mas sim, uma conexão emocional profunda com o parceiro atual. A traição torna-se uma forma de encontrar o que está faltando. Em um mundo onde as conexões superficiais são frequentes, a busca por uma conexão emocional genuína pode ser poderosa. Para alguns, mesmo estando em um relacionamento, pode haver um sentimento de solidão, levando-os a buscar intimidade emocional em outro lugar.

Desvendando a complexidade psicológica da traição

Trair é, sem dúvida, uma decisão complexa e multifacetada. Não há uma única resposta para o motivo das pessoas traírem. Ao compreender a psicologia por trás da traição, não estamos justificando ou desculpando a ação, mas sim tentando entender a complexidade do comportamento humano. Seja você alguém que foi traído ou alguém que está tentando entender suas próprias ações, a introspecção e a compreensão são o primeiro passo para a cura e o crescimento.

SAIBA MAIS → Descubra a verdade com este aplicativo de traição

Quem leu esse artigo também leu esses artigos!

0